fjhghjfARRASTE-ME PARA O INFERNO (DRAG ME TO HELL/Sam Raimi/2009): Caso um filme de pretensões dramáticas realistas termine bem, não faltará quem o critique por se recusar a espelhar o mundo real, onde nem sempre as coisas dão certo. Se uma fantasia despretensiosa passar a rasteira na plateia, brindando-a com um desfecho trágico, as palmas virão, aclamando a subversão. O the end de Sam Raimi é coerente com o espírito do projeto, um “terrir”que não se leva a sério, mas vai de encontro à continuidade emocional dos personagens. Lamentável, pois a hora e meia precedente assusta, enoja e faz rir. [Info

~ por Gustavo H.R. em 22 de junho de 2014.

3 Respostas to “”

  1. até o momento não me empolguei muito para assistir a este filme do sam raimi. não está nem na watchlist aqui….

  2. Gostei do filme pela proposta de Raimi em assustar com uma história simples.

    Raimi recicla elementos de sua própria trilogia “Evil Dead”.

    Abraço

Os comentários estão desativados.