Diretores Essenciais

♣ Em construção.

Kurosawa, Akira

~ por Gustavo H.R. em 22 de novembro de 2013.

7 Respostas to “Diretores Essenciais”

  1. Queria encontrar essa obra-prima em RASHOMON; espero que em alguma revisão no futuro eu ache algo mais profundo que ‘uma história, três visões’. Já OS SETE SAMURAIS acho excepcional, intenso e amargo. KAGEMUSHA foi o primeiro contato com o diretor, e tenho preguiça só de lembrar. E é só isso que vi dele até então…

    • Considero RASHOMON um dos melhores filmes que já vi. Acho sua técnica de construção narrativa pioneira e executada perfeitamente, mas o mais valioso é a observação do investimento de uma pessoa ao narrar uma história. Curiosamente, compartilho de sua indiferença em relação não a RASHOMON, mas sim a OS SETE SAMURAIS. Não entendo o fascínio desse filme, mas o tenho em DVD e obviamente estou disposto a reconsiderá-lo.

      Também não dou a menor bola para KAGEMUSHA. O que vale nesse filme é Tatsuya Nakadai.

  2. E Dersu Uzala? Esse é o meu favorito. Kurosawa também é um de meus diretores essenciais.

    • Stella, vou adicionando os filmes à medida que vou assistindo. Ainda não vi DERSU UZALA (estou esperando sair em Blu-ray). O meu próximo Kurosawa será CÉU E INFERNO.

  3. Dos cinco ou seis filmes que vi de Kurosawa, meu preferido é “Os Sete Samurais”.

    Outros dois grandes filmes são “Rashomon” e “Ran”.

    Abraço

  4. Tem épocas que Kurosawa é o meu favorito… tem épocas que é o Kubrick. Dersu Uzala é ótimo mesmo, grande dica da Stella.
    E quanto a Céu e Inferno… é top 5 do diretor pra mim. Vai fundo parceiro!

Os comentários estão desativados.