(Não) Queime Depois de Ler #1

Autor: Michael Atkinson. Editora: Rocco.

Autor: Michael Atkinson. Editora: Rocco.

Indicado para quem busca informações sobre o impacto do filme na cultura pop, o singular processo criativo de Lynch, os possíveis ecos autobiográficos no roteiro, a dificuldade de catalogação reducionista do estilo “lynchiano” num único gênero.

Vale incorporar à biblioteca pessoal pela análise da natureza edipiana do argumento e do estratagema  implementado pelo cineasta para subverter as convenções da cartilha hollywoodiana pautada pelo estrito apego à familiaridade e pela aversão ao inesperado. [Info]

~ por Gustavo H.R. em 10 de julho de 2009.

13 Respostas to “(Não) Queime Depois de Ler #1”

  1. Veludo Azul é o meu filme favorito do David Lynch.

    Abraços!

  2. Não vi o filme, muitos menos o livro! Mas, tá anotada a dica!

  3. CIRO: é o meu, também!

    CLÉBER: veja e leia! ;)

  4. E mesmo assim é um dos filmes mais “acessíveis” de David Lynch, não é mesmo? Gosto do longa e vou procurar o livro.

  5. Nunca vi o filme, o que é um dos maiores pecados cinéfilos de minha longa lista…

  6. O livro não li, mas vi o filme. E não custa nada ficar apaixonado por todo aquele universo.

    Abraço.

  7. Tb é uma heresia minha. E o livro parece interessantíssimo ao quadrado! Abs!

  8. Vejam, leiam!

  9. O filme é belíssimo! Seria mais que correto ir em busca do livro que, quem sabe, pode ser tão rico quanto.

    Ciao!

  10. Ual, que descrição do livro. Pensei que se tratava do material original do qual o filme foi adaptado. Me soou bastante interessante. E adoro o filme, embora não seja o melhor do Lynch.

  11. WALLY: o livro irá enriquecer ainda mais a experiência proporcionada por Lynch, e fazê-lo admirá-la novamente.

    RAFAEL: “Veludo” é um roteiro original. Na sua opinião, qual é o melhor dele?

  12. Filmaço! Um dos melhores filmes do Lynch.

  13. […] Livro analisa o filme VELUDO AZUL, de Lynch, a fundo LEIA MAIS… […]

Os comentários estão desativados.